Os testes de Paternidade feitos em casa são fiáveis?

resumo

Se se pergunta frequentemente se um teste de paternidade realizado em casa pode ser tão fiável como um realizado nas clínicas de ADN, então leia primeiro este artigo antes de avançar.

Todos vemos na televisão, novelas, séries, alguns filmes, os testes de paternidade começaram a fazer parte do nosso dia a dia. Claro, que todo este mediatismo é geralmente seguido por várias incorreções e até mesmo alguns soluços histéricos por parte dos envolvidos em palco, mas não antes dos espectadores, secretamente quererem assistir ao festival de drama da paternidade que se desenrola em cena.

Se precisa de fazer um teste de paternidade, pode deixar o que aprendeu nas novelas e séries para trás e optar por uma solução sobretudo informada e discreta. O teste de paternidade não deve ser um espetáculo; é sobre pessoas reais com famílias que estão a viver a realidade para determinar a paternidade dos seus filhos ou entes queridos – uma questão incrivelmente pessoal.

Mas, que opções têm os pais que questionam a verdadeira paternidade dos seus filhos quando não querem ir a uma clínica? É aqui que tem que fazer a verdadeira pesquisa e escolher o laboratório certo antes de avançar. Felizmente, este caminho pode ser percorrido na privacidade da sua própria casa, pois os testes de paternidade em casa começam a ganhar forma e a informação sobre os laboratórios é exposta a partir das redes sociais e páginas da internet. No entanto, é importante entender as diferenças e os riscos envolvidos.

Testes de paternidade realizados em casa são tão fáceis e indolores quanto os testes tradicionais realizados numa clínica. Na realidade quem precisa de uma consulta numa clínica quando pode fazer a colheita de células bucais das bochechas internas e enviá-las para o laboratório. Após o exame estar concluído, os resultados serão enviados para o seu email, onde poderá analisá-los de forma privada. Isto é mesmo muito simples, certo? Mas continue a ler …

Os testes de paternidade feitos em casa são precisos?

Para a maioria dos nossos clientes, a precisão do teste de paternidade é algo de muita preocupação, aliás tem um peso mais importante do que a necessidade de privacidade e facilidade do teste. Quão precisos são os testes de paternidade realizados em casa?

Existem 3 fatores a serem considerados:

  1. A qualidade do laboratório que escolhe
  2. A qualidade do kit que compra
  3. O quão bem vai seguir as instruções

Depois de escolher o laboratório com que pretende trabalhar, « a bola fica do seu lado», pois a responsabilidade da colheita de ADN e fazer a entrega das amostras em laboratório é sua.

Nem todos os testes de paternidade feitos em casa são iguais!

Existem 3 grandes diferenças entre os testes de ADN realizados em casa.

  1. O número de marcadores genéticos incluídos na análise.
  2. O número de vezes que o teste é executado.
  3. A proficiência da empresa e das pessoas que analisam os dados e fazem o relatório.

O resultado é o seguinte: empresas que oferecem testes de ADN realizados em casa a baixo custo, que não estão legais em Portugal, economizam dinheiro testando menos marcadores genéticos (o que reduz as probabilidades estatísticas dos resultados) e executando o exame apenas uma vez (em vez de duas vezes). E que tipo de especialistas são estas empresas que nem laboratório próprio têm, ao contrário da CódigoADN, e conseguem fazer a extração de um perfil genético, produzir um relatório e ainda ter lucro? Tudo subcontratando o serviço externo?

O que levar em consideração, entes de escolher um laboratório?

Considere sempre as certificações do laboratório analise tudo, antes de dar o passo mas importante da sua vida. Ter esses selos de aprovação é uma prova de que o laboratório já passou em testes e inspeções bastante rigorosos antes de realizar qualquer teste, mas antes de acreditar apenas em selos online, verificou que a sua ligação é segura HTTPS e o número de contribuinte da empresa pediu? E o profissionalismo do atendimento? Tem parcerias com uma equipa de saúde? Os números são fixos ou móveis?

Pense nisto: há muitos lugares para economizar dinheiro na vida. Um teste de paternidade é um destes lugares onde você não o quer fazer? Já diz o velho ditado: Recebe o que paga. Um teste de paternidade de alta qualidade também não tem que custar uma fortuna, se está a pagar um valor muito elevado é porque esse laboratório ou clinica não tem equipamento e analistas próprios, está a subcontratar os serviços fora, possivelmente até com nos nossos laboratórios.

O teste de paternidade realizado em casa da CódigoADN é um teste rigoroso de 21 marcadores e poderá ainda optar pelo teste de 31 marcadores genéticos (exclusivo dos laboratórios da CódigoADN) Tenha a certeza da qualidade.

Agora, chegou a altura de falar-mos quem pode pensar em realizar o exame de paternidade em casa versus quem deve realizar o teste de adn nas nossas clinicas.

Teste de ADN em casa versus clínica: 4 pontos que deve ter em consideração.

Existem 4 pontos que deve considerar antes de decidir se um teste de paternidade com a colheita executada em casa é a decisão acertada.

1) Considere o motivo pelo qual está a fazer um teste de paternidade. Se está simplesmente interessado nos resultados e precisa apenas de um pouco (ou muito) de tranquilidade, então um teste de adn com a colheita em casa é a decisão acertada para atender as suas necessidades atuais. No entanto, um teste de paternidade com ADN colhido em casa não servirá se precisar determinar a paternidade para fins legais, pois os resultados de um teste de ADN em casa não serão válidos.

2) Se a criança tiver menos de 18 anos, é sempre melhor fazer um teste legal. Há simplesmente muitos problemas legais com as crianças para desperdiçar tempo e dinheiro valiosos num teste de paternidade informativo. Testes legais podem ser usados ​​em mudanças na certidão de nascimento, batalhas jurídicas, testamentos, propriedades, etc .; testes em casa não oferecem nenhuma destas vantagens.

3) Se a criança está fora do país, e não é possível trazer a criança a uma clínica, então um teste realizado em casa pode ser uma opção. Apenas lembre-se de que não pode ser usado para o sistema jurídico.

4) Por fim, se é um adulto, e está à vontade para seguir as instruções do kit, e não há questões legais em jogo, agora ou no futuro … então, um teste realizado em casa é uma ótima escolha.

Em suma,

Portanto, a resposta para devo fazer um teste de paternidade em casa. Sim e Não. Vai depender do principal motivo para que precisa do exame Contudo, lembre-se é muito importante investigar o laboratório. Esta é uma das decisões mais importantes da sua vida. Não facilite.

Veja aqui a comparação de todos os testes de paternidade que a CódigoADN disponibiliza >>

Leave a reply